top of page
  • Redação

Disciplina para empreender: qual a real importância dessa soft skill?


disciplina para empreender

A disciplina para empreender é uma soft skill tão importante quanto a inteligência, o conhecimento ou mesmo a força de vontade na hora de abrir e gerenciar um negócio.


É por meio desse conceito que o(a) empreendedor(a) consegue coordenar a sua atuação diária e desenvolver a capacidade de realizar as diversas tarefas necessárias para que a sua ideia saia do papel e se torne uma realidade de sucesso.


Por conta disso é que a disciplina está diretamente relacionada ao planejamento e à organização. Inclusive, se você procurar essa palavra no dicionário, uma das definições que encontrará para o termo é "modo de agir que demonstra constância, métodos".


Ou seja, isso significa que, para alcançar um bom nível de disciplina para empreender, é necessário um plano que deve ser seguido de forma contínua, regular e constante.


Aqui, vale chamarmos a atenção para um ponto bastante importante: tenha em mente que, conforme a sua empresa cresce, o volume e a complexidade das tarefas seguem a mesma proporção.


Por esse motivo, a disciplina é tida como um dos principais pilares para que você consiga dar conta de tudo o que é necessário para a continuidade do seu negócio.


Mas como desenvolver essa soft skill desde os primeiros passos da sua gestão? É sobre isso que falaremos neste artigo. Confira!


O que é disciplina para empreender?

A disciplina para empreender pode ser definida como uma prática empresarial que contempla planejamento, organização e adoção de um fluxo contínuo de realização das atividades de gestão.


É por meio da implementação desse conceito que um(a) founder consegue garantir o cumprimento das tarefas diárias, sem gerar sobrecargas e/ou atrasos que podem afetar a evolução do negócio.


Basicamente, podemos dizer também que a disciplina no mundo corporativo consiste na criação de rotinas, as quais ajudam o(a) empreendedor(a) a definir critérios e parâmetros como:

  • ordem de importância dos compromissos e obrigações;

  • grau de complexidade e de dificuldade das atribuições que precisam ser realizadas.


Dica de leitura: "Crescimento acelerado de startups: quais os principais riscos e desafios para o futuro do negócio?"


Como desenvolver a disciplina para empreender?

Mas, como dissemos, a disciplina para empreender está totalmente relacionada à organização e ao planejamento.


Isso leva ao entendimento que, ainda que um(a) founder não tenha como soft skill a autodisciplina, ela pode ser desenvolvida por meio da junção desses outros critérios.


Pensando deste modo, algumas das boas práticas que podem ser adotadas para obter um dia a dia mais disciplinado são:

  • identificar quais tarefas precisam ser realizadas;

  • ordenar essas atividades considerando o grau de prioridade;

  • utilizar um bom controle de afazeres;

  • evitar o acúmulo de tarefas;

  • equilibrar vida pessoal e profissional.


Identificar quais tarefas precisam ser realizadas

O primeiro passo para desenvolver a autodisciplina é identificar tudo o que precisa ser feito, seja no seu dia, na sua semana, ou no seu mês.


Essa sugestão pode parecer um tanto óbvia, mas quando se está fundando uma empresa, o volume de ações, obrigações e ideias que precisam ser colocadas em prática é bastante alto. Na ansiedade de tornar tudo isso realidade, não é incomum que diversas atribuições se sobreponham, gerando ainda mais ansiedade de execução.


E assim como já comentamos, conforme o negócio sai do papel e cresce, a quantidade de tarefas a serem executadas se torna ainda maior.


Por esse motivo, relacionar tudo o que precisa ser feito é uma das melhores maneiras de ter uma visão ampla desse quadro e, a partir daí, partir para os próximos passos.


Uma boa dica é manter um local (físico ou digital) onde você possa fazer o download de ideias, ou seja, sempre que você lembrar de uma nova tarefa que precisa ser executada, anote-a neste local para tirá-la da sua cabeça rapidamente, sem a chance de esquecê-la. Essa prática ajuda a controlar a ansiedade e preparar o planejamento futuro.


Ordenar essas atividades considerando o grau de prioridade

O movimento seguinte, no caso, consiste em ordenar as tarefas que precisam ser realizadas por grau de prioridade.


Na rotina de gestão de uma empresa, sabemos que algumas atribuições são corriqueiras e repetitivas, tais como responder e-mails e mensagens de textos, dar feedback para o time, entre outras semelhantes.


Por mais que algumas pareçam simples, elas tomam horas do seu dia, as quais poderiam ser usadas para outros propósitos mais relevantes para o crescimento do negócio.


Para evitar que algo seja esquecido, ou que seja dedicado tempo maior que o necessário em alguma função, liste seus compromissos e responsabilidades por ordem de importância.


Essa é uma prática disciplinar que ajuda a manter tudo em ordem, especialmente se for seguida à risca. Uma boa metodologia que pode te ajudar é a Matriz de Eisenhower


Utilizar um bom controle de afazeres

Uma forma de seguir essa organização à risca, é utilizando um bom controle de tarefas. Esse, por sua vez, pode ser a ferramenta que melhor atender às suas necessidades e que tiver mais facilidade de utilizar.


De agendas físicas às digitais, passando por plataformas de organização de atividades e aplicativos próprios para essa finalidade, o mais importante é que você tenha tudo devidamente anotado, com dia e horário de execução, para não ser traído(a) pela memória.


Evitar o acúmulo de tarefas

Esse controle também ajuda a resolver um dos maiores inimigos da conquista da disciplina para empreender, que é o acúmulo de tarefas.


Geralmente, empresas e startups começam com uma equipe de trabalho bastante enxuta. No início das atividades, é bastante comum que os(as) founders concentrem em si mesmos(as) diversas responsabilidades e funções.


Isso é totalmente compreensível. Entretanto, quando se está buscando a disciplina corporativa, é muito importante tentar não acumular tantas atividades assim.


O motivo é que se torna mais difícil manter uma rotina e uma metodologia de organização quando há muitas coisas para fazer ao mesmo tempo.


Porém, caso seja inevitável, a sugestão é usar a técnica de nível de prioridade que mencionamos para identificar o que precisa ser feito primeiro.


Equilibrar vida pessoal e profissional

A disciplina é um conceito que, devido à sua importância, deve ser aplicado tanto na vida profissional quanto na pessoal.


Por mais que empreender exija presença constante e participação ativa dos(as) seus(suas) idealizadores(as), é fundamental encontrar um equilíbrio entre esses dois lados.


Em um primeiro momento pode não parecer, mas balancear vida pessoal e profissional pode fazer toda a diferença no crescimento da sua empresa, por inúmeros motivos.


Por exemplo, em uma época na qual o trabalho remoto deixou de ser uma tendência para se tornar uma realidade em diversos modelos de negócio, determinar horários de início e término de jornada é essencial para evitar problemas como:

  • agenda encavalada com compromissos de trabalho e particulares;

  • falta de cuidado com a saúde física e mental.


Sobre esse último tópico, não deixe de ler este artigo: "Saúde mental no trabalho: como manter o crescimento sem criar um ambiente que adoece?"


Qual a verdadeira importância da disciplina para empreender?

Desenvolver a disciplina na hora de empreender ajuda a alcançar resultados significativos em médio e longo prazo.


Empreendedores(as) disciplinados(as) conseguem organizar seus dias para estarem em reuniões, prestar suporte à equipe, resolver questões inesperadas, se dedicar às estratégias necessárias para a viabilização do negócio, entre outras atribuições relacionadas.


É por meio dessa soft skill que você consegue, por exemplo, transformar a sua empresa em um local interessante para novos talentos e conquista de investidores(as).


Essa habilidade também abre as portas para a conquista de outras importantes características esperadas no mundo corporativo, tais como ter tempo para aprimorar o seu conhecimento e para investir no relacionamento com as pessoas (networking).


Ou seja, como dissemos logo na abertura deste artigo, a disciplina é tão importante e relevante quanto a inteligência e a vontade de tornar o seu negócio um verdadeiro sucesso.


Gostou deste conteúdo e quer ter acesso a outros tão ricos quanto este? Então assine a nossa newsletter quinzenal e receba novos artigos diretamente na sua caixa de e-mail.


A cada edição, trazemos em uma rápida leitura temas relevantes, uma seleção das matérias mais vistas das últimas semanas e recomendações da redação para impulsionar seu conhecimento.


 

Redação | Movile Orbit

 


bottom of page