top of page
  • Redação

Como encontrar investidores para minha startup? 6 critérios essenciais


como encontrar investidores para minha startup

Uma dúvida que, constantemente, está na mente dos(as) founders é "Como encontrar investidores para minha startup?". Se você também precisa de respostas para essa pergunta, saiba que esse processo inclui pontos como avaliar o grau de maturidade da sua empresa, verificar o portfólio de investimentos já realizados por seus(suas) potenciais investidores(as), entre outros relacionados.


Ainda que, nos últimos tempos, muito tenha sido divulgado sobre a desaceleração dos investimentos em startups, seguido de demissões em massa, a previsão era que, ainda assim, essas companhias receberiam aportes em 2022.


Segundo dados da plataforma de inovação Distrito, citados em uma matéria na Forbes, era esperado que, até o final deste ano, as startups brasileiras recebessem US$ 12,9 bilhões em aplicações.


Em outra reportagem da Forbes, que também cita pesquisa do Distrito, apenas no mês de maio, nossas startups receberam R$ 1,4 bilhão em investimentos, fruto de 40 rodadas.


É certo que houve uma retração nos investimentos, mas, ainda assim, a expectativa é que isso seja apenas parte de ciclos econômicos passíveis de serem vividos por empresas de tecnologia.


Por conta disso, saber como encontrar investidores para startup, e se preparar adequadamente para isso, é tão importante.


Confira, agora, quais critérios e atitudes não podem faltar nessa sua jornada de busca por investimento.


Afinal, como encontrar investidores para minha startup?

Para responder à sua pergunta sobre: "Como encontrar investidores para minha startup", precisamos destacar que esse processo engloba diferentes passos e pontos que precisam ser devidamente analisados e trabalhados.


Com isso em mente, saiba que as etapas sugeridas para que você consiga aportes para a sua empresa são:

  • avalie o grau de maturidade da sua startup;

  • pesquise quem tem potencial para investir nesse grau de maturidade;

  • aprimore seu conhecimento sobre teses de investimento;

  • busque quem pode agregar valor além da injeção de capital;

  • analise investimentos e parcerias feitas anteriormente;

  • considere potenciais conflitos ou sinergia entre as startups investidas.

Avalie o grau de maturidade da sua startup

O grau de maturidade de uma startup está totalmente relacionado a quanto de capital os(as) founders devem solicitar aos (às) futuros(as) investidores.


Por esse motivo, fazer essa análise é tão importante, pois ela evita que sejam pedidas quantias incompatíveis com o momento em que a empresa está, situação que pode comprometer a negociação.


Para você ter uma ideia, em um processo de fundraising, que consiste no levantamento de fundos para um negócio, são consideradas as seguintes etapas:


  • Pré-Seed:

  • grau de maturidade da startup: validação e MVP

  • valuation da empresa: entre R$ 1 milhão e R$ 4 milhões

  • investimento que costuma ser solicitado: entre R$ 100 mil e R$ 400 mil

  • Seed:

  • grau de maturidade da startup: produto e/ou serviço validado e estruturação das áreas de marketing e vendas

  • valuation da empresa: entre R$ 4 milhões e R$ 10 milhões

  • investimento que costuma ser solicitado: entre R$ 400 mil e 2 milhões


  • Série A:

  • grau de maturidade da startup: definição de processos, estruturação da companhia, contratação de diretores

  • valuation da empresa: entre R$ 8 milhões e R$ 20 milhões

  • investimento que costuma ser solicitado: entre R$ 2 milhões e R$ 7 milhões


  • Série B em diante:

  • grau de maturidade da startup: solidificado, decorrente de significativa participação no mercado

  • valuation da empresa: acima de R$ 20 milhões

  • investimento que costuma ser solicitado: acima de R$ 7 milhões

Como avaliar o grau de maturidade da sua startup?

Uma das maneiras de avaliar o grau de maturidade da sua startup é adotando processos que permitam a avaliação contínua e precisa da evolução da empresa e resultados obtidos.


Um exemplo é o chamado "Modelo Cerne" que contempla a análise de etapas como:

  • planejamento, gerenciamento básico, prospecção e capacitação;

  • certificações, geração de ideias e gestão estratégica;

  • monitoramento de desempenho;

  • sistema de melhoria contínua.


Aproveite e leia também: "Resolução 88 da CVM: quais mudanças ela pode gerar para o investimento em startups?"


Pesquise quem tem potencial para investir nesse grau de maturidade

Outro importante critério é a identificação de potenciais investidores capacitados e interessados em injetar capital em empresas com o mesmo nível de maturidade que a sua.


Para isso, você pode considerar o seguinte parâmetro, considerando o nível de maturidade:

  • pré-seed: investidores anjo, aceleradoras, incubadoras, family, friends and fans, crowdfunding, entre outros;

  • seed: aceleradoras, investidores anjo, private equity, e mais;

  • série A: venture capital, private equity e mais;

  • série B em diante: venture capital e possíveis processos de M&A, (Mergers and Acquisitions, em português, fusões e aquisições) ou IPO.

Aprimore seu conhecimento sobre teses de investimento

O objetivo aqui é, dentro desse cenário que acabamos de citar, identificar quais investidores(as) costumam injetar capital em startups que atuam no mesmo mercado que a sua.


Isso ajuda a despertar o interesse dos(as) potenciais investidores(as) e aumentar as chances de conseguir fechar uma boa parceria. Além disso, evita que você perca tempo tentando negociações com quem não visa atuar no segmento da sua empresa.


Uma forma de fazer essa identificação de tese de investimento de maneira mais rápida e otimizada, é usando plataformas como a VC Radar, desenvolvida pela Emerging Venture Capital Fellows.

Busque quem pode agregar valor além da injeção de capital

Ao analisar possíveis investidores, não tenha como foco apenas o dinheiro que poderá levantar para a sua empresa.


Se pretende realmente alcançar o sucesso com o seu negócio, é fundamental também buscar por investidores(as) que tragam outras fontes de valor para sua companhia, tais como conhecimento técnico, experiência de mercado e networking.


Cada tipo de investidor oferecerá um perfil de “consultoria” diferente - entrando mais ou entrando menos na estratégia e dia a dia do negócio. Não há melhor ou pior, e sim qual perfil faz sentido para sua startup no momento - dado seu time, seus desafios, maturidade atual e necessidades em curto, médio e longo prazo.


Analise investimentos e parcerias feitas anteriormente

Geralmente, founders se preocupam muito em montar um bom pitch deck, com dados que ajudem na tomada de decisão dos(as) investidores(as), mas se esquecem de analisar o portfólio de investimento desse(a) futuro(a) parceiro(a).


Levantar o track record do(a) investidor(a), é fundamental para saber quais dos negócios nos quais ele(a) aplicou dinheiro deu certo, e quais passaram por dificuldades, não tiveram resultados tão satisfatórios e por quais motivos.


Entrar em contato com outros founders pode ser uma boa maneira de fazer esse levantamento. Nesta ocasião, você pode perguntar questão como:

  • tipo de relacionamento entre investidos(as) e investidores(as);

  • frequência de participação, contatos e cobranças;

  • dicas de como chegar até esse(a) potencial investidor(a), entre outros pontos relacionados.


Este artigo vai interessar a você: "MVP #40 - Como a Movile investe em startups, com Silvia Motta"


Considere potenciais conflitos ou sinergia entre as startups investidas

Respondida sua pergunta sobre "Como encontrar investidores para minha startup?" Para finalizar, resta apenas mais um critério que você precisa considerar, que é a análise de potenciais conflitos ou pontos de sinergia com outras investidas.


Um dos principais motivos é que pode haver startups no portfólio com soluções que se complementam à sua. Quando isso acontece, as empresas se tornam mais interessantes para os(as) investidores(as), visto que geram a possibilidade de viabilizar novos negócios.


Por outro lado, se são concorrentes, as chances de conseguir o investimento reduzem, principalmente pelo fato de que uma pode comprometer o sucesso e o crescimento da outra.


Gostou deste artigo? Então aproveite que está aqui e assine agora mesmo a nossa newsletter quinzenal para receber conteúdos como este diretamente na sua caixa de e-mail.


A cada edição, trazemos em uma rápida leitura temas relevantes, uma seleção das matérias mais vistas das últimas semanas e recomendações da redação para impulsionar seu conhecimento!


FAQ

Onde encontrar investidores para minha startup?

Para encontrar investidores para sua startup você pode:

  • participar de eventos relacionados ao seu ramo de atuação para expandir seu networking;

  • buscar por investidores(as) em potencial em redes como o LinkedIn;

  • utilizar plataformas próprias para esse tipo de levantamento.


 

Redação | Movile Orbit

 





bottom of page